Homem é indiciado por obrigar jovem a entrar em carro e estuprá-la

Publicado por 9 de julho de 2019 às 08:41

Um homem de 43 anos foi indiciado por usar uma arma para abordar uma mulher de 19 anos, obrigá-la a entrar no carro dele e estuprá-la, em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, Leonardo Alves dos Santos foi preso após abordar outra menina, de 17 anos, que conseguiu fugir e procurou a delegacia. Ele negou o abuso, mas o exame de DNA comprovou o ato.

O estupro aconteceu em fevereiro de 2019. No entanto, os policiais só conseguiram encontrar Leonardo no dia 5 de junho, um dia depois da denúncia da adolescente que conseguiu fugir.

Na ocasião, a equipe da Delegacia de Atendimento a Mulher de Senador Canedo fez buscas pelas ruas da cidade com base na descrição do carro feita pela garota, um veículo Toyota Corolla de cor prata e com uma das rodas sem calota. O automóvel era alugado.

“As características eram semelhantes ao que a vítima descreveu. Homem moreno, com tatuagens nos braços e cego de um olho. Além disso, um dos pneus do carro não tinha calota, como a vítima tinha relatado”, afirma o delegado responsável pelo caso, Matheus Mendonça Noleto.

Leonardo dos Santos foi encontrado após abordar outra pedestre, que conseguiu fugir e correu para a delegacia de Senador Canedo, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Leonardo dos Santos foi encontrado após abordar outra pedestre, que conseguiu fugir e correu para a delegacia de Senador Canedo, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil

DNA

No dia da prisão, Leonardo foi levado ao Instituto Médico Legal de Aparecida de Goiânia para fazer a coleta de material genético. O resultado deu compatível com o material colhido da jovem estuprada.

“Esse resultado é o que precisávamos para provar que ele teve relação sexual com a vítima. Enviaremos o resultado para o Banco Nacional de Material Genético para que os dados sejam cruzados e possam apontar o envolvimento dele em outros casos semelhantes no país”, ressalta o delegado.

Com a divulgação da foto de Leonardo, a polícia acredita que mais vítimas podem procurar a delegacia para denunciá-lo. Ele foi indiciado na quinta-feira (4) por estupro e, caso seja condenado, pode cumprir pena de 6 a 10 anos de prisão.

Carro usado por Leonardo Alves dos Santos, segundo a Polícia Civil, para abordar jovem em Senador Canedo, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Carro usado por Leonardo Alves dos Santos, segundo a Polícia Civil, para abordar jovem em Senador Canedo, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Ficha criminal

Durante o interrogatório, Leonardo se apresentou como líder de um movimento rural. “Nós acreditamos que ele recebia dinheiro de pequenos produtores com a promessa de que conseguiria um pedaço de terra para eles. Isso também pode caracterizar estelionato, inclusive, já tem um inquérito aberto contra ele na Delegacia Municipal de Senador Canedo”.

O delegado informou que, em 2015, Leonardo foi preso por esbulho possessório, que é o crime contra o patrimônio consistente em invadir terreno alheio. “Recentemente, em abril deste ano, ele também foi preso por porte ilegal de arma de fogo”, completou.

Leonardo está preso na Unidade Prisional de Senador Canedo. A reportagem não conseguiu localizar a defesa dele.

Fonte:G1 GO

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Homem é indiciado por obrigar jovem a entrar em carro e estuprá-la – O Itaqui Notícias Homem é indiciado por obrigar jovem a entrar em carro e estuprá-la | O Itaqui Notícias