Oferta de cursos profissionalizantes marca primeira ação do IEMA no Cintra

Publicado por 4 de junho de 2019 às 08:45

Ao todo, 765 pessoas estão, atualmente, cursando 13 cursos/oficinas profissionalizantes oferecidas  no Cintra (Centro Integral do Rio Anil). As aulas, que iniciaram no último mês, marcam a primeira ação do processo de transição para o IEMA (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão), com oferta do modelo integral e integrado à educação profissional, além de cursos e oficinas profissionalizantes, que já estão em curso para a comunidade.

De acordo com a gestão da escola, as vagas para os cursos foram preenchidas em 48 horas, com 2.780 pessoas inscritas em lista de espera, em caso de desistência ou de cursos a serem ofertados posteriormente. “Em diálogo com a comunidade, temos ouvido relatos de servidores da escola que consideram o processo de implantação do IEMA como um resgate da vocação e da qualidade de ensino do Cintra, que já foi referência no país, mas que, ao logo dos anos, foi perdendo sua posição de destaque em detrimento do descaso e do total abandono de gestões anteriores”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Camarão ressaltou, ainda, que em 2016 o governador Flávio Dino determinou a reforma na estrutura do Cintra, executada pela parceria Sinfra/Seduc com investimento de R$ 1,1 milhão. A escola também recebeu nova quadra poliesportiva, em substituição à antiga quadra que não tinha cobertura, e uma Academia da Saúde, com investimentos de R$ 400 mil.

Além disso, há duas semanas, o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de São Luís, entregou a reforma e requalificação da Unidade Básica de Saúde (UBS), localizada no Cintra, onde foram investidos R$ 200 mil.

“O planejamento de implantação abrange melhorias de infraestrutura, aquisição de laboratórios, formação de professores e gestores, entre várias ações. Tudo com o máximo de transparência possível com a comunidade escolar e regulamentado por meio de editais de adesão ao novo modelo”, acrescentou o secretário.

Ainda como parte da primeira etapa de transição, equipes do IEMA vêm realizando rodadas de diálogos sobre a mudança de ensino regular para a oferta de ensino em tempo integral, com líderes de todas as turmas e séries da escola para esclarecimento de dúvidas dos alunos (representantes de toda a comunidade escolar).

Além dos cursos profissionalizantes, ofertados por meio da Unidade Vocacional do IEMA/Cintra, e do Ensino Médio em tempo integral – que, a partir de 2020, começará a ser ofertado de maneira gradativa, na unidade, seguindo a implantação com os novos estudantes que adentrarão o ensino médio, no 1º ano, e, avançando até 2022, o IEMA/Cintra continuará atendendo estudantes do Ensino Fundamental e da EJA (Educação de Jovens e Adultos) noturno, com real possibilidade de aumento de vagas.

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Oferta de cursos profissionalizantes marca primeira ação do IEMA no Cintra – O Itaqui Notícias Oferta de cursos profissionalizantes marca primeira ação do IEMA no Cintra | O Itaqui Notícias