Desvendando o edital: Confira todas as etapas do concurso da Polícia Federal

Publicado por 19 de junho de 2018 às 10:00

Os interessados em concorrer no concurso da Polícia Federal (PF), lançado nesta sexta-feira (15/6), pelo Cebraspe, devem se atentar a cada etapa prevista no edital de abertura. Ao todo, são nove etapas contempladas no edital, que oferece 500 vagas e salários de até R$ 22,6 mil. Para facilitar, o Concursos resumiu os principais pontos de todas as etapas que compõem o concurso e montou o cronograma completo. Confira abaixo e programe-se!

Prova objetiva

A prova objetiva e discursiva estão previstas para 19 de agosto, com duração máxima de cinco horas, no turno da tarde. Somente para o cargo de delegado, a prova objetiva terá duração máxima de quatro horas e será aplicada pela manhã e a prova discursiva terá a mesma duração, mas com aplicação à tarde.

Na data provável de 9 de agosto, será publicado no Diário Oficial da União e no site do Cebraspe, os locais e aos horários de realização das provas.

Serão 120 questões de certo e errado, valendo 120 pontos, sobre: português, informática, raciocínio lógico, estatística, contabilidade, direito penal, processo penal, direito administrativo, direito constitucional, legislação especifica, arquivologia (somente para escrivão); além de química, física e biologia (estas somente para papiloscopista). Cada questão respondida de forma correta vale 1 ponto e cada questão considerada errada subtrai 1 ponto, ou seja, uma errada anula uma certa. A fase tem caráter eliminatório e classificatório.

Prova discursiva

A prova discursiva será composta de três questões dissertativas e elaboração de peça profissional. Para delegado esta avaliação abordará os objetos de avaliação de direito administrativo, constitucional, penal e processual penal, com valor máximo de 24 pontos e composta por duas partes: três questões dissertativas, de até 30 linhas cada, e elaboração de uma peça profissional, de até 90 linhas.

Para o cargo de perito, a prova discursiva valerá 13 pontos e consistirá de redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, sobre temas relacionados aos conhecimentos específicos para cada cargo/área.

Já para agente, escrivão e papiloscopista a prova discursiva valerá 13 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas, com base em tema a ser formulado pela banca examinadora.

Exame de Aptidão Física

Serão convocados para o exame de aptidão física todos os candidatos aprovados na prova discursiva. O exame terá barra fixa, impulsão horizontal, natação (50 metros) e corrida de 12 minutos. A avaliação será executada nessa ordem, com intervalo mínimo de cinco minutos entre um e outro exercício.

Na barra fixa para homens será avaliado o número de repetições em que o candidato consegue levantar o corpo, utilizando somente os braços e passando o queixo acima da barra. Será considerado eliminado o candidato que não alcançar três repetições e terá a nota máxima quem alcançar o total de 15 repetições. Para as candidatas, o teste pede que elas se pendurem na barra com pegada livre (pronação ou supinação), mantendo os braços flexionados e o queixo acima da parte superior da barra, sem nenhum apoio. Será considerada eliminada a candidata que não conseguir manter a sustentação por pelo menos 15 segundos e alcançará a nota máxima quem se mantiver suspensa por 35 segundos.

teste de impulsão horizontal pede que os candidatos de ambos os sexos saltem à frente com movimento simultâneo dos pés. Será medida a marcação da distância saltada a partir da posição inicial até a marca no solo, de qualquer parte do corpo, mais próxima da linha de medição inicial. Os avaliados do sexo masculino devem alcançar distância mínima de 2,07m para evitar a eliminação e para alcançar a nota máxima é necessário pular a distância de 2,28m. As mulheres devem alcançar a distância mínima de 1,59m para não serem eliminadas e de 1,90m para obterem a nota máxima.

natação, por sua vez, será em estilo livre e os candidatos, de ambos os sexos, nadaram por 50 metros até a marca de chegada. O tempo limite para completar o percurso é de 44 segundos para homens e 54 segundos para mulheres.

Por último, o teste de corrida exigirá que os candidatos do sexo masculino percorram dentro de 12 minutos, no mínimo, 2.350 metros e, no máximo, distância superior a 2.710. Para as mulheres a distância mínima é de 2.020 metros e a máxima é acima de 2.340. A fase tem caráter eliminatório.

Prova oral

Esta etapa será aplicada apenas aos candidatos que concorrerem ao cargo de delegado e foram considerados aptos no exame de aptidão física. Na avaliação, serão considerados o domínio do conhecimento jurídico, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo. Esta etapa será realizada na data provável de 11 de novembro e valerá 16 pontos. A prova oral será sobre direito administrativo, constitucional, penal e processual penal, em que o candidato deverá ler e responder as perguntas que lhe forem entregues e responder as perguntas da banca examinadora dentro de 20 minutos. A fase tem caráter eliminatório e classificatório.

Prova prática de digitação

A prova prática de digitação será apenas para os candidatos ao cargo de escrivão que passarem no exame de aptidão física. Esta etapa acontecerá na data provável de 11 de novembro e terá duração de 10 minutos. O teste será composto por digitação de um texto predefinido de aproximadamente 2.000 caracteres, sendo necessário que o candidato consiga digitar em qualquer tipo de teclado.

A avaliação será feita por meio da produção (número de toques líquidos por minuto – NTL) e ao número de erros (ERROS) cometidos na transcrição do texto, sendo computados como erros qualquer omissão ou excesso de letras, sinais e acentos; letras, sinais e acentos errados; falta de espaço entre palavras; duplicação de letras; espaço a mais entre palavras ou letras; falta ou uso indevido de maiúsculas. Os candidatos que não alcançarem o mínimo de 100 toques líquidos serão desclassificados, os demais terão o desempenho analisado, podendo alcançar até 10 pontos. A fase tem caráter eliminatório.

Avaliação médica

Serão convocados para a avaliação médica, prevista para 17 e 18 de novembro, todos os aprovados no exame de aptidão física. O objetivo é avaliar se o indivíduo tem boa saúde física e psíquica para suportar os exercícios a que será submetido durante o curso de formação profissional e para desempenhar as tarefas típicas inerentes ao cargo. Esta etapa tem caráter eliminatório.

Avaliação psicológica

Os aprovados na avaliação médica passarão para a avaliação psicológica. Os candidatos aos cargos de delegado e escrivão só farão esta etapa se passarem na avaliação médica, prova oral e prática de digitação, respectivamente.

A avaliação psicológica será realizada na data provável de 6 de janeiro de 2019. Aqui, serão verificadas as capacidades de concentração e atenção, capacidade de memória, tipos de raciocínio e características de personalidade como: controle emocional, relacionamento interpessoal, extroversão, altruísmo, assertividade, disciplina, ordem, dinamismo, persistência, entre outras. A fase tem caráter eliminatório.

Avaliação de títulos

Esta etapa é somente para os cargos de delegado e perito criminal e valerá sete pontos. Serão aceitos os seguintes títulos: diploma de conclusão de curso em nível superior, de mestrado, de pós-graduação – com carga horária mínima de 360 horas, comprovante de exercício no cargo de delegado e perito criminal e comprovante de exercício em cargo público de natureza policial. A fase tem caráter classificatório.

Investigação social

A investigação social tem caráter unicamente eliminatório e será realizada pela Polícia Federal com o objetivo de avaliar o procedimento irrepreensível e a idoneidade moral inatacável dos candidatos nos concursos públicos para provimento de cargos policiais. É necessário que o candidato preencha a Ficha de Informações Confidenciais (FIC), de acordo com o modelo a ser disponibilizado no site do Cebraspe, no período provável de 1º a 16 de novembro de 2018.

Curso de Formação Profissional

Os candidatos aprovados nas etapas citadas anteriormente deverão enviar os documentos necessários à matrícula no Curso de Formação Profissional, entre 31 de janeiro e 6 de fevereiro de 2019. Após o envio, os candidatos têm que realizar a matrícula presencialmente, na Academia Nacional de Polícia, em Brasília/DF.

O curso será realizado em 2019 em regime de internato (sendo oferecidos alojamentos), de segunda à sábado. Durante o curso, o aluno deve utilizar o enxoval descrito no edital e terá direito a auxílio-financeiro, no valor de 50% do subsídio da classe inicial do cargo.

Cronograma

  • 15/06/18 – Publicação do edital no Diário Oficial da União e pelo Cebraspe
  • 19/06 a 02/07/18 – Período de inscrições 
  • 19/06 a 03/07/18 – Prazo para pagamento da taxa de inscrição
  • 09/08/18 – Divulgação dos locais de aplicação das provas
  • 19/08/18 – Aplicação das provas objetiva e discursiva
  • 13 e 14/10/18 – Exames de aptidão física
  • 01 a 16/11/18 – Investigação Social
  • 11/11/18 – Prova oral (somente para delegado)
  • 11/11/18 – Prova prática de digitação (somente escrivão)
  • 17 e 18/11/18 – Avaliação médica
  • 06/01/19 – Avaliação psicológica
  • Avaliação de títulos: Sem data prevista no edital
  • Curso de Formação profissional:

 

 

Fonte:concursos.correioweb

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Desvendando o edital: Confira todas as etapas do concurso da Polícia Federal – O Itaqui Notícias Desvendando o edital: Confira todas as etapas do concurso da Polícia Federal | O Itaqui Notícias