Sem suspensos, Atlético pode repetir escalação pela primeira vez no Campeonato Brasileiro

Publicado por 19 de setembro de 2018 às 10:14

Durante entrevistas, o técnico Thiago Larghi destaca seguidas vezes a importância de dar sequência e entrosamento a um time. O comandante, entretanto, não usou uma mesma escalação mais de uma vez em 25 rodadas do Campeonato Brasileiro. O cenário deve mudar neste domingo, contra o Flamengo.

Larghi começará a dar pistas sobre a formação titular para a partida no Maracanã no treinamento desta quarta-feira, na Cidade do Galo. A tendência, entretanto, é a manutenção da base do time que empatou por 0 a 0 com o Cruzeiro, nesse domingo, no Mineirão.
No clássico, a equipe titular teve Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias e Cazares; Luan, Chará e Ricardo Oliveira.
O setor que mais tem sido modificado por Larghi nos últimos jogos é o meio-campo. Elias, Matheus Galdezani e José Welison aparecem como as principais opções de parceiros para Adilson e Cazares.
Se Elias ou José Welison forem escolhidos e o restante do time que iniciou o clássico for mantido, será a primeira vez que Larghi repetirá a escalação. Há, entretanto, a possibilidade de o treinador optar por alterar outras peças.
Os principais fatores que explicam a não manutenção de uma equipe titular são as suspensões, as lesões e, é claro, as mudanças pelas quais o elenco passou durante o próprio Campeonato Brasileiro.
Para o jogo contra o Flamengo, não há suspensos. O único no departamento médico é o volante Gustavo Blanco, que só volta ao time em 2019. As mudanças no elenco foram sentidas especialmente após a Copa do Mundo.
Antes do Mundial da Rússia, Róger Guedes – principal jogador do time naquele momento – atuou em todas as 12 partidas. O atacante se transferiu para o Shandong Luneng, da China. Ou seja: nenhuma escalação usada nesse período poderia ser repetida a partir da 13ª rodada.
Da rodada 13 em diante, muitas modificações. De lá para cá, Thiago Larghi escalou 21 jogadores diferentes como titulares.

Veja abaixo as formações utilizadas pelo treinador no período pós-Copa. 

Grêmio 2 x 0 Atlético, em 18 de julho, na Arena, pela 13ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Patric, Gabriel, Juninho e Fábio Santos; José Welison, Luan e Elias; Chará, Edinho e Ricardo Oliveira.
Palmeiras 3 x 2 Atlético, em 22 de julho, no Allianz Parque, pela 14ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Patric, Gabriel, Juninho e Fábio Santos; José Welison, Elias e Matheus Galdezani; Luan, Chará e Ricardo Oliveira.
Atlético 2 x 0 Paraná, em 25 de julho, no Independência, pela 15ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; José Welison, Elias e Tomás Andrade; Chará, Terans e Ricardo Oliveira.
Bahia 2 x 2 Atlético, em 30 de julho, na Fonte Nova, pela 16ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Patric, Iago Maidana, Gabriel e Juninho; José Welison, Elias e Matheus Galdezani; Luan, Chará e Ricardo Oliveira.
Atlético 0 x 1 Internacional, em 6 de agosto, no Independência, pela 17ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias e Matheus Galdezani; Luan, Chará e Ricardo Oliveira.

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Contratado na pausa para a Copa, Chará é peça fundamental do time do técnico Thiago Larghi

Atlético 3 x 1 Santos, em 12 de agosto, no Independência, pela 18ª rodada

Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Hulk; José Welison, Elias e Nathan; Chará, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira.
Botafogo 0 x 3 Atlético, em 19 de agosto, no Independência, pela 19ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; José Welison, Matheus Galdezani e Cazares; Chará, Nathan e Ricardo Oliveira.
Atlético 0 x 0 Vasco, em 23 de agosto, no Independência, pela 20ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias e Cazares; Chará, Nathan e Ricardo Oliveira.
Vitória 1 x 0 Atlético, em 26 de agosto, no Independência, pela 21ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Iago Maidana, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Elias e Cazares; Chará, Nathan e Ricardo Oliveira.
Corinthians 1 x 1 Atlético, em 1º de setembro, na Arena, pela 22ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; José Welison e Adilson; Luan, Cazares e Chará; Ricardo Oliveira.
Atlético 1 x 0 São Paulo, em 5 de setembro, no Independência, pela 23ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Matheus Galdezani e Cazares; Luan, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira.
Atlético 3 x 1 Atlético-PR, em 10 de setembro, no Independência, pela 24ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Patric, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Matheus Galdezani e Cazares; Luan, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira.
Cruzeiro 0 x 0 Atlético, em 16 de setembro, no Mineirão, pela 25ª rodada
Escalação do Atlético: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias e Cazares; Luan, Chará e Ricardo Oliveira.
Jogadores que foram titulares alguma vez no período pós-Copa
Goleiro: Victor
Laterais-direitos: Patric e Emerson
Zagueiros: Leonardo Silva, Iago Maidana, Gabriel e Juninho
Laterais-esquerdos: Fábio Santos e Hulk
Volantes: Adilson e José Welison
Meio-campistas: Matheus Galdezani, Elias, Cazares, Tomás Andrade e Nathan
Atacantes: Terans, Luan, Edinho, Chará e Ricardo Oliveira.
df.superesportes

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Sem suspensos, Atlético pode repetir escalação pela primeira vez no Campeonato Brasileiro – O Itaqui Notícias Sem suspensos, Atlético pode repetir escalação pela primeira vez no Campeonato Brasileiro | O Itaqui Notícias