A Polícia Civil do Maranhão prendeu hoje (24), no município de Codó, uma mulher suspeita de ter raptado um bebê no município de Itaituba, no Pará.

A mulher, identificada como Josilene do Socorro Brandão Silva, teria falsificado os documentos do bebê logo no nascimento da criança, em agosto de 2018, e praticado o rapto em setembro de 2019.

Em depoimento, Josilene disse que a criança é adotada mas que queimou todos os documentos referentes à adoção. A presa deve ser encaminhada ao sistema prisional do estado do Pará, de onde veio o mandado de prisão contra ela.

A Justiça da Infância já foi acionada para que sejam tomadas as devidas providências com a criança.