Maranhão participa de pesquisa sobre alimentação e nutrição infantil

Publicado por 17 de fevereiro de 2020 às 08:32

O Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) coleta dados sobre os hábitos alimentares, peso e altura de crianças de até cinco anos e realiza exame de sangue nos participantes com mais de seis meses de vida. No Maranhão, o estudo é voltado para cerca de 360 crianças e suas mães. A pesquisa é aplicada nos municípios de Caxias, Imperatriz e São Luís. Todas as etapas são realizadas em domicílio.

Serão mapeados em todo território nacional dados sobre o crescimento e o desenvolvimento infantil, bem como o aspecto sanguíneo de 12 micronutrientes, como os minerais zinco e selênio e vitaminas do complexo B. Também serão investigados aspectos sobre amamentação, doação de leite humano, consumo de suplementos de vitaminas e minerais, habilidades culinárias, ambiente alimentar e condições sociais da família.

O coordenador Estadual de Alimentação e Nutrição da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Leudimar Carvalho Soares Filho, destacou que a pesquisa vai traçar um retrato da nutrição infantil no Brasil. “Com o resultado do Enani, a política de alimentação e nutrição poderá ser redirecionada. Serão avaliados peso e altura das crianças, assim como efetuada coleta de sangue para pesquisa de nutrientes como ferro, vitaminas do complexo B, o zinco e o selênio entre outros”, destacou.

A pesquisa está em curso desde novembro de 2019 em todo país. No Maranhão, a SES mobiliza os gestores e profissionais de saúde sobre a importância da pesquisa. O estudo se dá por meio de inquérito domiciliar e são avaliadas crianças até 5 anos, sorteadas para participar da pesquisa.

A pesquisa é uma encomenda do Ministério da Saúde, coordenada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem apoio da SES. Os resultados dos exames serão entregues para as famílias e, em caso de desnutrição, obesidade ou deficiência de micronutrientes, os participantes do estudo serão encaminhados para unidades de saúde próximas às suas casas.

A pesquisa engloba perguntas sobre licença maternidade e história reprodutiva das mães. As visitas domiciliares são realizadas por pesquisadores identificados com camisa e crachá contendo o nome e a fotografia do entrevistador, além do logotipo do Ministério da Saúde. Os dados informados são sigilosos e, em hipótese alguma, os nomes das crianças ou dos seus responsáveis serão identificados.

 

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Maranhão participa de pesquisa sobre alimentação e nutrição infantil – O Itaqui Notícias Maranhão participa de pesquisa sobre alimentação e nutrição infantil | O Itaqui Notícias