Atuações da Seleção: Daniel Alves e Gabriel Jesus são os melhores contra a Argentina

Publicado por 3 de julho de 2019 às 08:43

Alisson (Goleiro): Tentou sair e terminou mal posicionado em cobrança de falta que Agüero cabeceou no travessão. Encaixou chute de Messi no ângulo. Nota: 6,5

Daniel Alves (Lateral-direito): Atuação espetacular. Muita categoria no lance do primeiro gol, com chapéu e corte seco nos adversários, depois o passe para Firmino cruzar para Gabriel. Ganhou a maioria dos duelos e conseguiu acalmar o jogo, com inteligência na hora do aperto. Levou cartão amarelo em discussão com Acuña. Nota: 8,5

Daniel Alves teve grande atuação na lateral — Foto: Pedro Ugarte/AFP
Daniel Alves teve grande atuação na lateral — Foto: Pedro Ugarte/AFP

Thiago Silva (Zagueiro): Travou chute de Agüero frontal. Salvou o gol argentino depois de o próprio Agüero cabecear no travessão. Escorregou em lance em que o atacante argentino foi travado por Marquinhos. Nota: 7,5

Marquinhos (Zagueiro): Teve trabalho com Lautaro Martínez, mas foi preciso na chegada de Aguero, em chute que poderia empatar a partida. Saiu lesionado. Nota: 7

(Miranda – Zagueiro: Entrou para fechar os espaços na bola aérea. Mas teve tempo para ganhar na corrida de Agüero. Nota: 6)

Alex Sandro (Lateral-esquerdo): Tão tímido quanto Filipe no ataque, apesar de mais jovem e mais forte fisicamente. Nem ele nem Everton conseguiram se criar pelo lado esquerdo do ataque. Fez desarme preciso e sem falta aos pés de Messi no início da segunda etapa. Nota: 6

Casemiro (Volante): No perde e ganha com Messi, levou desvantagem no primeiro tempo, sendo driblado em mais de uma oportunidade. Fez duas faltas seguidas no camisa 10 argentino. Na segunda, por pouco os argentinos não empataram. Tentou arrancadas sem sucesso quando roubava bolas pelo Brasil. Mas fez bem o “trabalho sujo”, como diz a gíria, no meio-campo defensivo. Nota: 7

Arthur (Volante): Começou bem na marcação em cima de Messi, com bom toque de bola. Auxiliou Daniel Alves pela direita e arriscou chute sem perigo para defesa de Armani. Tocou pouco a bola quando o Brasil estava em vantagem. Virtude que se espera mais dele. Nota: 5,5

Philippe Coutinho (Meia): Organizou os ataques do time. Fez bonitos lances – como em caneta em cima de Acuña pouco antes de gol do Brasil e chapéu no início do segundo tempo – e marcou forte na frente, mas não conseguiu concluir bem as jogadas, como num lindo lance de Jesus na segunda etapa. Foi perfeito em dois cortes aos pés de Messi. O segundo era de frente para a área. Nota: 7

Gabriel Jesus (Atacante): Extremamente decisivo. Começou mal e perdeu chance incrível quando não finalizou em contra-ataque. Mas tem o mérito de não se omitir em momento algum e buscar sempre a jogada ofensiva, mesmo quando escolhe as jogadas erradas ou se precipita. Fez o primeiro gol depois de longo jejum em jogos oficiais, ótima jogada para conclusão de Coutinho e acabou com o jogo ao fazer grande jogada e devolver com açúcar para Firmino. Nota: 8,5

(Allan – Volante: Entrou no fim, ajudou no combate e apoiou o ataque. Nota: 6)

Everton (Atacante): Não levou vantagem em cima de Foyth, que marcou muito bem e anulou o ponta gremista. Saiu no intervalo. Nota: 5

(Willian – Atacante: Errou passe, cruzamento e devolução de cabeça nos poucos lances que fez. Machucado, fez número nos últimos minutos. Nota: 5)

Roberto Firmino (Atacante): Dois passes preciosos para Gabriel Jesus. Na primeira, ele não fez; na segunda, saiu o gol do Brasil. Recebeu de Jesus e fez o segundo do Brasil. Nota: 7,5.

Fonte:Globoesporte

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Atuações da Seleção: Daniel Alves e Gabriel Jesus são os melhores contra a Argentina – O Itaqui Notícias Atuações da Seleção: Daniel Alves e Gabriel Jesus são os melhores contra a Argentina | O Itaqui Notícias