Risco do coronavírus é “elevado”; Emap diz que navios são monitorados no Porto do Itaqui

Publicado por 28 de janeiro de 2020 às 08:51

É considerado “elevado” o risco internacional de contaminação pelo novo coronavírus, segundo avaliação da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgada nessa segunda-feira (27).

Na China, o número de mortes causadas pela nova variante do coronavírus chegou a 106 depois que autoridades da província de Hubei anunciaram 24 mortes na manhã desta terça-feira (28). Autoridades de saúde chinesas afirmam que mais de 4 mil pessoas foram infectadas.

Porto do Itaqui

Em São Luís, a preocupação nos portos já é uma realidade, embora nenhum caso de infecção pelo novo coronavírus tenha sido confirmado no Brasil, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em seu site, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) – responsável por administrar e explorar tanto o Porto do Itaqui quanto os Terminais Delegados da Ponta da Espera e Cujupe e o Cais de São de Ribamar -, afirma que existe um protocolo para controle de epidemias.

A nota diz que o “Porto do Itaqui atua de acordo com protocolos internacionais de saúde e segurança, mantendo atualizado o seu Plano de Contingência para Assuntos de Interesse Internacional em Saúde Pública e um posto permanente da Anvisa na área portuária.” E afirma que este plano passa por teste a cada ano com a presença de equipes da Anvisa, secretarias de Saúde estadual e municipal, Marinha do Brasil e Polícia Federal.

“Todos os navios que chegam ao porto são monitorados pela Anvisa e só atracam se a Declaração Marítima de Saúde estiver de acordo com o protocolo vigente”, ressalta a Emap por meio da nota.

A Anvisa emitiu alerta às equipes de vigilância sanitária e dos postos médicos desses pontos de entrada para a detecção de casos suspeitos e utilização de equipamento de proteção individual (EPI).

O Ministério da Saúde, por sua vez, criou um comitê para preparar a rede pública de saúde para o atendimento de possíveis casos no Brasil. Ainda na manhã desta terça-feira (28), a pasta deve atualizar o boletim sobre o novo coronavírus da China. Na ocasião, serão destacadas as ações que estão sendo implementadas no Brasil e as recomendações para a rede pública de saúde e população.

Casos suspeitos no Brasil

Segundo o site de O Globo, uma jovem de 22 anos foi internada na última sexta-feira (24) ao apresentar sintomas que podem ser enquadrados como os do coronavírus, em Minas Gerais. Ela viajou para a China e está sendo monitorada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

Ontem, o Ministério da Saúde informou que um caso relatado no Hospital Icaraí, no Rio de Janeiro (RJ), não se enquadra na atual definição de caso suspeito para NCOV-2019 (o novo coronavírus), estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “Seguirá, portanto, o fluxo de procedimentos para influenza e, desta forma, estabelecer seu diagnóstico apropriado”, informou a pasta.

Imirante.com aguarda respostas do Governo do Maranhão e da Prefeitura de São Luís para saber sobre as ações adotadas que possam evitar a entrada do vírus no Estado.

 

Fonte:Imirante

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Risco do coronavírus é “elevado”; Emap diz que navios são monitorados no Porto do Itaqui – O Itaqui Notícias Risco do coronavírus é “elevado”; Emap diz que navios são monitorados no Porto do Itaqui | O Itaqui Notícias