Imperatriz realiza oficina sobre Emergência em Saúde Mental

Publicado por 17 de maio de 2018 às 10:15

IMPERATRIZ – Na tarde de quarta-feira  (15), aconteceu a oficina de Multiplicação do Protocolo Clínico de Urgência e Emergência em Saúde Mental, no auditório da Universidade Federal do Maranhão, Campus Centro. O curso foi destinado aos profissionais da saúde que atuam nos serviços de Urgência e Emergência e no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). A ação contabilizou a participação de cerca de 120 pessoas que trabalham nos 16 municípios que fazem parte da Unidade Gestora Regional de Saúde de Imperatriz.

A oficina é uma iniciativa da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e Rede de Atenção à Urgência (RAU) da Regional. De acordo com o Coordenador do núcleo de vigilância epidemiológica e controle de doenças, Onivaldo Coutinho, o objetivo da ação foi multiplicar as orientações do suporte técnico para todos os profissionais que trabalham com portadores de necessidades especiais. “Pretende uniformizar os procedimentos, torná-los mais humanos e eficazes, fazendo com que os pacientes da Saúde Mental sejam melhor atendidos por toda a rede”, explicou Courinho sobre as normas.

O protocolo com as orientações para abordagem, controle e tratamento dos pacientes foi lançado em março pelo Governo do Estado para ser adotado nos setores de urgência e emergência, no Maranhão. Os pontos principais de ocorrência nas unidades são: agressividade e agitação psicomotora; risco de suicídio; “delirium”; intoxicação aguda por álcool; abstinência alcoólica; e intoxicação aguda por cocaína ou crack. “Já conseguimos disseminar em 100% das unidades, que integram a Regional, as orientações do protocolo, com a distribuição de material dos procedimentos por meio físico e digital para todos os profissionais”, explicou Coutinho.

Na ocasião da oficina, houve a participação do Coordenador Geral do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU), Alexandro Freitas, que falou sobre o trabalho do SAMU no apoio às equipes que atendem pacientes em surto. A médica Christiane Roriz, da Equipe de Assistência à Saúde Prisional (EAP), explicou sobre o protocolo e os procedimentos de atendimentos em vários graus. Já a gestora regional de Saúde, Iracilda Viana, explanou a respeito da composição da RAPS e o trabalho realizado em todas as unidades básicas de saúde. O Corpo de Bombeiros também colaborou dando dicas das técnicas de contenção e apoio às equipes.

Fonte:

Tags:  
Link de Acesso a Matería
Imperatriz realiza oficina sobre Emergência em Saúde Mental – O Itaqui Notícias Imperatriz realiza oficina sobre Emergência em Saúde Mental | O Itaqui Notícias
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x